Boas práticas na gestão da qualidade de software

Apresentação do Curso

As tecnologias de informação são atualmente fundamentais no sucesso de uma organização. A evolução tecnológica apresenta novas oportunidades para as empresas, mas traz consigo inúmeros desafios para os profissionais que necessitam de utilizar no seu dia-a-dia as tecnologias de informação (TI). Neste sentido, foi criado um conjunto de formações contínuas introdutórias em informática que apostam na qualidade da formação a um baixo custo e na valorização de competências técnicas direcionadas para o mercado de trabalho.
Esta formação encontra-se construída de forma a dotar os participantes de conhecimentos e competências necessárias na área da qualidade em engenharia de software. A Sigla CMMI é um acrônimo de Capability Maturity Model Integration. O CMMI é um modelo integrado utilizado na engenharia de sistemas e engenharia de software para potenciar e otimizar os processos de desenvolvimento e integração de produtos. O CMMI é atualmente o modelo de certificação e melhoria de processo para empresas de software mais usado a nível mundial, que pode ser usado para orientar a melhoria dos processos de um projeto, um departamento, ou mesmo uma organização inteira. O objetivo deste curso é dotar os participantes de uma visão geral e introdutória de boas práticas na gestão da qualidade de software. Este é um curso de introdução às boas práticas na gestão de qualidade de software e ao CMMI, e não serve como formação para implementadores das práticas do CMMI. O CMMI® é uma marca registrada do SEI (Software Engineering Institute).
A formação encontra-se devidamente credenciada do ponto de vista científico, sendo que a sua conclusão com aproveitamento dá origem à obtenção de 1 ECTS. Para além disso, todos os participantes que marcarem presença em pelo menos 50% das sessões letivas receberão um certificado de participação. De igual forma, aos formandos com aproveitamento positivo encontra-se atribuído um certificado académico com a sua respetiva classificação. Não existe nenhuma certificação profissional relacionada com esta formação. Este não é um curso oficial do SEI e não atende aos requisitos para formação necessária dos membros de equipa que irão fazer parte de avaliações SCAMPI em empresas que pretendem obter a avaliação oficial do nível de maturidade.

Destinatários

Profissionais das áreas das engenharias de software, gestores das tecnologias de informação, programadores de informática e consultores desta área.

Duração

A duração total da formação é de 25 horas, divididas por 20 horas de formação presencial e 5 horas de formação e-learning.

Pré-Requisitos

Conhecimentos do processo de construção de software; Conhecimentos de linguagens de programação em geral.

Metodologia

Sessões mistas de teoria e prática, com descrição dos assuntos pelo formador e experimentação em computador pessoal. Forte aposta na componente demonstrativa e de laboratório, em que os formandos são desafiados a fazer simulações de casos práticos e exercícios, para praticar e solidificar a sua aprendizagem.

Preçário

60€ para alunos ou ex-alunos e colaboradores do ISPGaya
60€ para alunos ou ex-alunos e colaboradores da FEUP
85€ para o público em geral

Condições especiais para empresas parceiras do ISPGaya e FEUP.
Pagamento total no ato da inscrição (devolvido na totalidade se a formação não funcionar).
IVA incluído no preçário apresentado.

Datas e Horário

A formação realiza-se entre os dias 16 de Novembro 2013 e 14 de Dezembro 2013.
A formação decorre sempre em cada Sábado no horário das 9:30-13:30.

Formador

Eduardo Espinheira

é Licenciado (2003) e Mestrado (2009) em Engenharia Informática e Computação, pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, iniciou a sua atividade profissional em 2000 tendo desempenhado ao longo da sua carreira funções de: analista funcional, programador, gestor de projeto, comercial, técnico de recursos humanos, e consultor de gestão. Especializou-se em projetos de mudança organizacional e implementação de melhorias na área de qualidade, operações e desenvolvimento de software.

Conteúdos

Sessão 1:

Enquadramento da importância da qualidade de software
Ciclo de vida dos processos
Melhoria dos processos
Introdução ao CMMI
Objetivos do CMMI
Constelações e Modelos do CMMI
Tipos de Representação
Níveis de Maturidade e Capacidade
Unidades Lógicas de Organização: áreas de Processo, Objetivos e Práticas
Áreas do CMMI: Gestão de Projetos, Engenharia, Gestão de Processo e Suporte
Terminologia e Estrutura
Revisão da Matéria Estudada

Sessão 2:

Áreas de Processo do nível de maturidade 2
Revisão da Matéria Estudada

Sessão 3:

Áreas de Processo do nível de maturidade 3
Revisão da Matéria Estudada

Sessão 4:

Áreas de Processo do nível de maturidade 4
Revisão da Matéria Estudada

Sessão 5:

Áreas de Processo do nível de maturidade 5
SCAMPI
Revisão da Matéria Estudada

Informações adicionais

De momento as inscrições para esta formação estão encerradas.

Para mais informações contacte a organização: Prof. Dr. Fernando Almeida (falmeida@ispgaya.pt)